Mirassol D' Oeste,
EDITORIAL
TEMPO



ENQUETE
LINKS
NOTICIAS

Idoso é preso acusado de exploração sexual em Juína





O idoso Moacir Gonçalves de Oliveira de 67 anos, conhecido popularmente no município de Juína, como Ceará do artesanato, foi autuado em flagrante delito por crime de favorecimento da prostituição e outra forma de exploração sexual de vulnerável.
 
Figura conhecida no bairro onde reside, Ceara é acusado de oferecer dinheiro a adolescentes em troca de manter relações sexuais, no entanto ele deu sua versão na manhã desta segunda-feira  no Cisc e negou as acusações.
 
Segundo Ceará, estava ele e um homem identificado com Pedro em frente a sua casa, quando uma adolescente de 12 ou 13 anos pediu a Pedro R$ 2 emprestado, Ceará se prontificou a emprestar o dinheiro e disse a ela que poderia pegar em cima da geladeira, foi quando a menina passou a gritar e o xingou, e chamou seus pais.
 
A Polícia Militar também foi acionada e conduziu o idoso até ao Cisc onde ele passou a noite.
 
Porém, outra adolescente de 17 anos, disse a nossa reportagem que viu e ouviu o Ceará chamando a sua amiga para pegar o dinheiro no quarto, indagada se foi somente isso o que aconteceu ela foi firme e confirmou sua versão dada.
 
O delegado de polícia, Valter Cardoso, ouviu a vitima, testemunha e o suspeito, e mediante os depoimentos o atuou em flagrante delito no artigo 218-B, do código penal brasileiro.
 
Submeter, induzir ou atrair à prostituição ou outra forma de exploração sexual alguém menor de 18 anos.
 
Ceará já passou por exames de corpo de delito e será encaminhado a cadeia pública de Juína onde aguardará a decisão da justiça, a pena para este crime varia de 4 a 10 anos de reclusão.
 



PUBLICIDADE
 
 
 
MIRASSOL NEWS - COPYRIGHT © 2009
Desenvolvido por: NIVEL DIGITAL